Uma história de conflitos negada: ficcionalização do eu lírico em “Poemas da colonização”, do livro Pau-Brasil, de Oswald de Andrade